Peregrinos da Eucaristia – 12º Dia

Cada Conferência episcopal envia um representante para este Congresso. Na maior parte das vezes são pessoas escolhidas devido às suas histórias e ao seu amor fervente pela Eucaristia.

Um dos novos amigos que descobrimos durante o Congresso tem sido o Pe. Meshak de Lesoto, delegado oficial do seu país para este evento e ele é um exemplo desse amor à Eucaristia.  Converso do protestantismo à fé Católica graças à Eucaristia.

Contudo, o mais impressionante é a história da sua paróquia. Nos anos noventa quatro adolescentes arrombaram a igreja e roubaram o Sacrário. Levaram-no até um terreno baldio, quebraram-no e profanaram as hóstias consagradas. Este episódio chocou a nação inteira e pessoas de todas as partes do país vieram visitar a paróquia para orar em desagravo pelo sacrilégio, até mesmo não católicos. Muitas pessoas se converteram ao observarem a profunda dor e desejo de reparação do povo. Um santuário foi construído no local e todos os anos durante a solenidade de Corpus Christi a diocese inteira se reúne ali para fazer uma grande procissão eucarística.

O principal evento deste 12o dia do Congresso foi a missa de primeira comunhão de 5 mil crianças. A missa aconteceu no estádio municipal. Muitas das crianças eram meninos e meninas de rua, que foram acolhidos e receberam a preparação das paróquias. Foi muito especial ver todas as criancinhas vestidos de branco e preparadas para receber Jesus nos seus corações pela primeira vez. Eu pedi a Deus a graça de também ter um coração puro e inocente para receber nosso Senhor.

Outro aspecto interessante sobre esta Missa foi que presidiu a concelebração o Cardeal emérito Ricardo Vidal. Ele recebeu a sua primeira comunhão no Congresso Eucarístico Internacional de 1936, que também aconteceu nas Filipinas. Na homilia ele mencionou que naquele dia, com sua imaginação de criança, ele pensava que o Cardeal presidindo a Missa era uma rainha, por causa das longas vestes vermelhas. Quem diria que 80 anos depois aquele moleque seria também cardeal?

Depois da Missa tivemos uma apresentação cultural chamada “Sinulog”, que acontece todos os anos em Cebu em honra do “Santo Niño”: o Menino Jesus. Essa festa é muito parecida com o Carnaval do Brasil, exceto que é religiosa. Eles usam fantasias bem coloridas com danças folclóricas ao redor da imagem do Santo Niño. Enquanto faziam a coreografia, todos gritavam em voz alta “Pit Señor”, que significa no dialeto local “invoca o Senhor”.

Agora que o Congresso chega ao fim, nós também invocamos o Senhor!

Previous post
Peregrinos da Eucaristia – 11º Dia
Next post
Peregrinos da Eucaristia - 13º Dia

No Comment

Deja un comentario

Back
SHARE

Peregrinos da Eucaristia – 12º Dia